Guia Completo: Como Escolher a Melhor TV – Smart TV, 3D, Plasma, LCD ou LED?

Escolher a melhor TV… Com a Copa do Mundo se aproximando muita gente certamente está pensando em trocar seu aparelho de TV por um maior ou mais moderno, e também muitas pessoas devem estar se perguntando: Mas qual modelo comprar? Esse guia de compras vai ajudar você escolher o aparelho mais adequado a suas necessidades e expectativas. 

A escolha de uma nova TV pode não ser uma tarefa muito simples, devido as várias tecnologias e modelos disponíveis no mercado. Por isso, nós fizemos esse pequeno mais muito útil Guia de Compras para TVs de Tela Plana:

Qual melhor TV? Plasma, LCD ou LED?

Na verdade as três tecnologias tem seus pontos fortes e fracos. Confira os prós e contras de cada tipo de TV e saiba qual é a mais indicada para seu perfil e suas expectativas:

– Plasma

É a tecnologia mais “antiga” de televisores “finos” de alta resolução. O nome vem do princípio de funcionamento, que usa plasma (o quarto estado da matéria, basicamente um gás em que os elétrons são dissociados dos núcleos atômicos) para produzir as imagens.

  • Prós: O mais óbvio é o custo. São televisores grandes e, em termos comparativos, baratos. Mas também há outras grandes vantagens, como a alta taxa de renovação da imagem da tela (chegando a 600 Hz, unidade usada para designar a frequência de atualização da imagem), que permite a visualização mais natural de movimentos, e o alto nível de brilho e contraste, em comparação com o LCD.

  • Contras: Os modelos de plasma consomem mais energia que todos os outros. Além disso, são as telas mais “sensíveis”. Há o risco, por exemplo, de marcá-la em definitivo (o chamado efeito “burn-in”) quando a imagem fica congelada durante muito tempo – algo cada vez menos comum com os modelos mais recentes. E é complicado encontrar um aparelho que seja Full HD (ou seja, que tenha a resolução máxima adotada como padrão) e não seja gigantesco (50 polegadas ou mais).

– LCD

Com uso de cristal líquido, a tecnologia é a mesma dos monitores de computador, aperfeiçoada para dar maior contraste, brilho e taxa de atualização de imagem.

  • Prós: Além de consumir menos energia que os televisores de plasma, os televisores LCD não possuem o problema do “burn-in” e não têm limitações quanto ao tamanho da tela: é possível fabricar modelos menores (26 polegadas, por exemplo) e fazer telas de médio porte já com resolução Full HD (32 polegadas para cima). Com isso, dão mais flexibilidade de escolha ao consumidor.

  • Contras: Os principais pontos fracos dos LCDs são a baixa taxa de atualização da imagem e a dificuldade de imprimir maior brilho e contraste ao televisor, a despeito dos avanços em anos recentes.

– LED

A mais recente tecnologia em termos de TV consiste basicamente numa tela LCD convencional “iluminada por trás” por LEDs (diodos de emissão de luz, na sigla inglesa). A tecnologia faz os outros televisores “finos” parecerem bem ”gordos”: os televisores LED têm espessura de cerca de 3 cm, para modelos com até 55 polegadas.

  • Prós: Design mais sofisticado, contraste e brilho muito melhores que os do LCD convencional e baixo consumo de energia são os grandes destaques. Tem alta taxa de renovação da imagem da tela (frequência que é expressa em Hz).

  • Contras: O preço ainda é mais ”salgado” que o das tecnologias de tela anteriores.

Como escolher o tamanho da tela?

Existem algumas recomendações básicas neste aspecto quando se adquire uma TV. A primeira delas é calcular a distância entre onde pretende instalar a sua TV e o local que pretende assisti-la, seja um sofá, cadeira ou cama. Com uma fórmula simples como a da tabela abaixo, é possível saber o tamanho ideal para sua TV em função do espaço:

Resolução HD (720p)       =       Distância da TV (em metros) x 18 = Tamanho ideal
Resolução Full HD (1080p)  =   Distância da TV (em metros) x 21 = Tamanho ideal

Caso ainda tenha dúvidas sobre como escolher sua TV, o gráfico abaixo traz as medidas recomendadas para os diversos tamanhos de tela:

Finalmente, na tabela abaixo, temos a distância mínima e máxima levando em conta o tamanho (em polegadas) da sua TV:
Tamanho da Tela       Distância mínima Distância máxima
26’’ 1 m 2 m
32’’ 1,2 m 2,4 m
37’’ 1,4 m 2,8 m
40’’ 1,5 m 3 m
42’’ 1,6 m 3,2 m
46’’ 1,75 m 3,5 m
50’’ 1,90 m 3,8 m
52’’ 2 m 4 m
55’’ 2,1 m 4,2 m
60’’ 2,2 m 4,6 m
Agora ficou simples escolher a TV ideal para você, não é mesmo?
Fonte: TechTudo

Escolhendo tecnologias e funções:

Smart TV


O que é?

Smart TV basicamente é a possibilidade de levar a internet para dentro da televisão.Além do acesso à internet, as Smart TVs vêm com aplicativos de entretenimento e serviços interativos. 

Preciso dessa função?

Considere a compra de uma Smart TV se você quer acessar a internet na “telona” para usar redes sociais, assistir a filmes online, ler e-mails, navegar em sites, jogar e usar aplicativos especiais
Também tenha em mente que para usar todos os recursos de uma Smart TV é necessário que você tenha um bom plano de internet banda larga (10 Mb pelo menos)

Tecnologia 3D


O que é?

Basicamente uma televisão 3D é um equipamento de televisão que permite a visualização de imagens a três dimensões, com ou sem o auxílio de óculos 3D aplicando técnicas especificas.

Vantagens da TV 3D:

Se você quer investir em uma TV de alta tecnologia, o efeito 3D é ideal para montar um Home Theater e fazer um cinema em casa.
Alguns videogames são compatíveis com a tecnologia do televisor 3D. O Playstation 3 da Sony, por exemplo, conta com alguns jogos 3D. Nos games, o efeito dá uma boa sensação imersiva.

Desvantagens da TV 3D:

Se você procura um modelo de TV que não pese no bolso, a tecnologia da TV 3D não é adequada: ela encarece bastante o custo do televisor. Além disso, há pouquíssima programação em 3D disponível, tanto na TV aberta, quanto na fechada.

Detalhes Importantes:

  • Full HD: Para aproveitar toda a qualidade das transmissões de TV digital, é essencial que o aparelho suporte a resolução em Full HD.
  • Entradas HDMI:  É o padrão atual para vídeos de alta definição, essa é a melhor forma de conectar aparelhos como Home Theaters, Video Games, Blue Ray Players… verifique quantos aparelhos você tem (ou pretende adquirir) em sua casa que podem ser conectados via HDMI.
  • Entradas USB: Hoje em dia as principais mídias utilizam essa conexão, por isso é essencial pelo menos uma entrada USB no televisor. 
Ficaremos felizes com seu comentário

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE