Guia Completo: Como Escolher a Melhor TV – Smart TV, 3D, Plasma, LCD ou LED?

Escolher a melhor TV… Com a Copa do Mundo se aproximando muita gente certamente está pensando em trocar seu aparelho de TV por um maior ou mais moderno, e também muitas pessoas devem estar se perguntando: Mas qual modelo comprar? Esse guia de compras vai ajudar você escolher o aparelho mais adequado a suas necessidades e expectativas. 

A escolha de uma nova TV pode não ser uma tarefa muito simples, devido as várias tecnologias e modelos disponíveis no mercado. Por isso, nós fizemos esse pequeno mais muito útil Guia de Compras para TVs de Tela Plana:

Qual melhor TV? Plasma, LCD ou LED?

Na verdade as três tecnologias tem seus pontos fortes e fracos. Confira os prós e contras de cada tipo de TV e saiba qual é a mais indicada para seu perfil e suas expectativas:

– Plasma

É a tecnologia mais “antiga” de televisores “finos” de alta resolução. O nome vem do princípio de funcionamento, que usa plasma (o quarto estado da matéria, basicamente um gás em que os elétrons são dissociados dos núcleos atômicos) para produzir as imagens.

  • Prós: O mais óbvio é o custo. São televisores grandes e, em termos comparativos, baratos. Mas também há outras grandes vantagens, como a alta taxa de renovação da imagem da tela (chegando a 600 Hz, unidade usada para designar a frequência de atualização da imagem), que permite a visualização mais natural de movimentos, e o alto nível de brilho e contraste, em comparação com o LCD.

  • Contras: Os modelos de plasma consomem mais energia que todos os outros. Além disso, são as telas mais “sensíveis”. Há o risco, por exemplo, de marcá-la em definitivo (o chamado efeito “burn-in”) quando a imagem fica congelada durante muito tempo – algo cada vez menos comum com os modelos mais recentes. E é complicado encontrar um aparelho que seja Full HD (ou seja, que tenha a resolução máxima adotada como padrão) e não seja gigantesco (50 polegadas ou mais).

– LCD

Com uso de cristal líquido, a tecnologia é a mesma dos monitores de computador, aperfeiçoada para dar maior contraste, brilho e taxa de atualização de imagem.

  • Prós: Além de consumir menos energia que os televisores de plasma, os televisores LCD não possuem o problema do “burn-in” e não têm limitações quanto ao tamanho da tela: é possível fabricar modelos menores (26 polegadas, por exemplo) e fazer telas de médio porte já com resolução Full HD (32 polegadas para cima). Com isso, dão mais flexibilidade de escolha ao consumidor.

  • Contras: Os principais pontos fracos dos LCDs são a baixa taxa de atualização da imagem e a dificuldade de imprimir maior brilho e contraste ao televisor, a despeito dos avanços em anos recentes.

– LED

A mais recente tecnologia em termos de TV consiste basicamente numa tela LCD convencional “iluminada por trás” por LEDs (diodos de emissão de luz, na sigla inglesa). A tecnologia faz os outros televisores “finos” parecerem bem ”gordos”: os televisores LED têm espessura de cerca de 3 cm, para modelos com até 55 polegadas.

  • Prós: Design mais sofisticado, contraste e brilho muito melhores que os do LCD convencional e baixo consumo de energia são os grandes destaques. Tem alta taxa de renovação da imagem da tela (frequência que é expressa em Hz).

  • Contras: O preço ainda é mais ”salgado” que o das tecnologias de tela anteriores.

Como escolher o tamanho da tela?

Existem algumas recomendações básicas neste aspecto quando se adquire uma TV. A primeira delas é calcular a distância entre onde pretende instalar a sua TV e o local que pretende assisti-la, seja um sofá, cadeira ou cama. Com uma fórmula simples como a da tabela abaixo, é possível saber o tamanho ideal para sua TV em função do espaço:

Resolução HD (720p)       =       Distância da TV (em metros) x 18 = Tamanho ideal
Resolução Full HD (1080p)  =   Distância da TV (em metros) x 21 = Tamanho ideal

Caso ainda tenha dúvidas sobre como escolher sua TV, o gráfico abaixo traz as medidas recomendadas para os diversos tamanhos de tela:

Finalmente, na tabela abaixo, temos a distância mínima e máxima levando em conta o tamanho (em polegadas) da sua TV:
Tamanho da Tela      Distância mínimaDistância máxima
26’’1 m2 m
32’’1,2 m2,4 m
37’’1,4 m2,8 m
40’’1,5 m3 m
42’’1,6 m3,2 m
46’’1,75 m3,5 m
50’’1,90 m3,8 m
52’’2 m4 m
55’’2,1 m4,2 m
60’’2,2 m4,6 m
Agora ficou simples escolher a TV ideal para você, não é mesmo?
Fonte: TechTudo

Escolhendo tecnologias e funções:

Smart TV


O que é?

Smart TV basicamente é a possibilidade de levar a internet para dentro da televisão.Além do acesso à internet, as Smart TVs vêm com aplicativos de entretenimento e serviços interativos. 

Preciso dessa função?

Considere a compra de uma Smart TV se você quer acessar a internet na “telona” para usar redes sociais, assistir a filmes online, ler e-mails, navegar em sites, jogar e usar aplicativos especiais
Também tenha em mente que para usar todos os recursos de uma Smart TV é necessário que você tenha um bom plano de internet banda larga (10 Mb pelo menos)

Tecnologia 3D


O que é?

Basicamente uma televisão 3D é um equipamento de televisão que permite a visualização de imagens a três dimensões, com ou sem o auxílio de óculos 3D aplicando técnicas especificas.

Vantagens da TV 3D:

Se você quer investir em uma TV de alta tecnologia, o efeito 3D é ideal para montar um Home Theater e fazer um cinema em casa.
Alguns videogames são compatíveis com a tecnologia do televisor 3D. O Playstation 3 da Sony, por exemplo, conta com alguns jogos 3D. Nos games, o efeito dá uma boa sensação imersiva.

Desvantagens da TV 3D:

Se você procura um modelo de TV que não pese no bolso, a tecnologia da TV 3D não é adequada: ela encarece bastante o custo do televisor. Além disso, há pouquíssima programação em 3D disponível, tanto na TV aberta, quanto na fechada.

Detalhes Importantes:

  • Full HD: Para aproveitar toda a qualidade das transmissões de TV digital, é essencial que o aparelho suporte a resolução em Full HD.
  • Entradas HDMI:  É o padrão atual para vídeos de alta definição, essa é a melhor forma de conectar aparelhos como Home Theaters, Video Games, Blue Ray Players… verifique quantos aparelhos você tem (ou pretende adquirir) em sua casa que podem ser conectados via HDMI.
  • Entradas USB: Hoje em dia as principais mídias utilizam essa conexão, por isso é essencial pelo menos uma entrada USB no televisor. 
Ficaremos felizes com seu comentário

      Deixe seu comentário

      Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

      GuiaShop